Sistema de Conferências da SBPJor, 9º Encontro do JPJor

Tamanho da fonte: 
A imprensa de Jorge Amado: uma análise da representação jornalística em Capitães da areia
Igor Oliveira Neves, Mateus Yuri Passos

Última alteração: 2019-10-14

Resumo


Publicado em 1937, Capitães de areia denunciava a situação precária em que vivam crianças que não possuíam proteção familiar ou do estado. Logo no começo do romance são reproduzidas uma matéria e cinco cartas que discutem a situação dessas crianças. O objetivo desse artigo é analisar como o texto jornalístico é apresentado no livro, tendo como base as relações entre jornalismo e fontes de informação discutidas por Hall et al (2016) e da noção de polifonia apresentada por Bakhtin (2018).

Texto completo: PDF