17º SBPJor encerra programação com posse da diretoria eleita para biênio 2020-2021

500 pesquisadores do país se reuniram na FIC/UFG para discutir pesquisas e práticas do jornalismo


A 17ª edição do Encontro Nacional dos Pesquisadores em Jornalismo encerrou-se na última sexta-feira, 8, com a posse na nova diretoria da Sociedade Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), que assume para o biênio 2020-2021. Foram eleitos para a Diretoria Executiva o presidente Marcos Paulo Silva (UFMS), o vice-presidente Danilo Rothberg (Unesp), a diretora administrativa Laura Strelow Storch (UFSM), a diretora editorial Alciane Nolibos Baccin (Unipampa) e o diretor científico Rafael Bellan Rodrigues de Souza (UFES).


Diretoria Executiva da SBPJor eleita para o biênio 2020-2021.


Integra o Conselho Científico a coordenadora do PPGCOM/UFG, professora Ana Carolina Pessoa Temer (UFG) e os professores Beatriz Alcaraz Marocco (Unisinos), Fernando Firmino (UEPB), Lia Seixas (UFBA), Paula Melani Rocha (UEPG), Rita de Cássia Romeiro Paulino (UFSC) e Roseli Fígaro (USP). O Conselho Administrativo, por sua vez, é composto pelos professores Cláudia Nonato (CPCT-ECA/USP), Mateus Yuri Passos (UMESP) e Vitor Curvelo Fontes Belém (UFS).


Com o tema “Pesquisa jornalística e ética profissional”, o evento reuniu 500 pesquisadores da graduação e pós-graduação na Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da Universidade Federal de Goiás para o evento, que ainda agregou o IX JPJOR, VI POSJOR e a V Reunião Anual das Redes de Pesquisa SBPJor. Na cerimônia de abertura, o Prof. Dr. Tim Vos – diretor da Escola de Jornalismo da Michigan State University, e atual presidente da Association for Education in Journalism and Mass Communication (AEJMC) – falou a todos sobre novos paradigmas para seleção de fatos no jornalismo. A programação contou ainda com a entrega do prêmio Adelmo Genro Filho e com lançamento de 13 livros.


Esta edição do encontro recebeu um total de 176 submissões, entre 152 trabalhos com proposições individuais para as sessões de Comunicações Livres e outros 127 trabalhos em 24 propostas de Sessões Coordenadas, totalizando 279 trabalhos de 437 autores. Em relação às instituições cujos pesquisadores estão vinculados, as submissões tiveram origem em 76 universidades/faculdades, sendo 42 instituições públicas (34 universidades federais e 8 universidades estaduais), 27 instituições brasileiras privadas ou confessionais e 7 universidades do exterior (oriundas de Portugal, Espanha, França e Estados Unidos). Em 2020, o encontro nacional acontece em Fortaleza, Ceará.



Texto: Kalyne Menezes
Fotos: Victor Weber e Ana Luiza Tanno