Chamada para Artigos

Para acessar a Brazilian Journalism Research basta clicar aqui.

Calendário para o Volume 11, número 1, 2015

Submissão de artigos: até  28 de FEVEREIRO de 2015 Pareceres: até 15 de abril de 2015

Entrega das versões finais em inglês e português ou espanhol e em caso de revisão ou informações adicionais sugeridas pelos editores: 15 de maio de 2015

Previsão de publicação: 31 de julho de 2015

Dossiê: Narrativas Jornalísticas Contemporâneas

O ato de narrar é uma ação que nos acompanha desde a aurora da civilização e figura entre as ações que objetivam transformar o caos em cosmos, atribuindo significados possíveis ao mundo.  Mitos de criação, epopeias heroicas, feitos históricos eram narrados para dar sentido e orientar as vidas dos indivíduos, conferir identidades aos povos, organizar suas sociedades e construir a memória coletiva, bem como tentar estabelecer nexos sobre o mundo vivido.

Com o surgimento da imprensa, as narrativas incorporaram-se também ao fazer jornalístico, seja nos gêneros próprios, como a crônica e a reportagem, utilizados para narrar o contemporâneo, seja nos demais espaços enunciativos.

Em todo o mundo contemporâneo, a arte da narrativa é hoje praticada em variados níveis e compõe a mídia impressa, a eletrônica – em programas de rádio e televisão –, bem como nos ambientes digitais – em portais, sites, blogs e redes sociais das mais diversas –, mesclando-se, ora repetindo-se e ora inovando, na diversidade dos espaços midiáticos.

No âmbito dos estudos em jornalismo, as reflexões sobre as narrativas apresentam-se em uma diversidade de esferas, buscando pensar a construção das narrativas e sua relação com aspectos históricos, sociológicos, estéticos, discursivos, ideológicos, econômicos e psicológicos, entre outros.

Para sistematizar discussões e conceituações sobre as Narrativas Jornalísticas, a Brazilian Journalism Research receberá até 28 de fevereiro de 2015 artigos para o dossiê temático Narrativas Jornalísticas Contemporâneas (v.11, n.1 jan./jun. 2015). O dossiê contemplará trabalhos que se debrucem sobre a questão das narrativas e do jornalismo em diversas abordagens, que podem incluir (embora não se limitem a):

– Narrativas jornalísticas como lugar de representações e mediações;

– Narrativas jornalísticas e sua relação com a práxis;

– Aspectos epistemológicos dos estudos sobre narrativas jornalísticas;

– Questões metodológicas do campo, que envolvam estratégias como a história de vida, história oral e história familiar, entre outros, bem como técnicas empregadas, caso das entrevistas aprofundadas;

– A questão do sujeito e as narrativas jornalísticas;

– As mediações do jornalismo com outras áreas do conhecimento na produção de narrativas jornalísticas;

– A narrativa como estratégia estética e discursiva no jornalismo;

– Análises panorâmicas ou de obras individuais de autores relevantes ou de gêneros narrativos (biografias, perfil, narrativas de viagem, ensaio-reportagem etc);

– A narratividade jornalística em segmentos temáticos específicos: política, ciência, esportes etc;

– Narrativas jornalísticas e construções de gênero, etnia, diversidade;

– Narrativas jornalísticas e novos suportes.

A extensão dos textos deve estar entre 30 mil a 40 mil caracteres (incluindo espaços). Uma vez que a Brazilian Journalism Research publica duas versões de cada número (português/espanhol e inglês), autores de trabalhos submetidos em português ou espanhol, caso aprovados, deverão providenciar uma versão em inglês no prazo indicado abaixo. Do mesmo modo, autores de trabalhos aprovados submetidos em inglês deverão providenciar a tradução para o português ou espanhol.

Os artigos devem ser submetidos por meio do sistema eletrônico SEER/OJS, acessível pelo website da revista: http://bjr.sbpjor.org.br

Diretrizes de formatação podem ser encontradas na url:http://bjr.sbpjor.org.br/bjr/about/submissions#authorGuidelines

Editora Convidada do Dossiê: Monica Martinez

Além do dossiê temático, a revista aceitará artigos para a sessão Artigos.

2 Apresentação da BJR e tipologia de textos

A Brazilian Journalism ResearchBJR – é uma revista científica semestral publicada pela Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor). A associação e a sua revista se dedicam à teoria e pesquisa em jornalismo (tanto trabalho teórico quanto empírico).  A revista é editada em inglês e português. Para outras informações sobre a SBPJor, visite o site em www.sbpjor.org.br

Os artigos são recebidos para as seções Dossiê, Artigos e Resenhas e devem obedecer estritamente às normas da revista.

Artigos: Trabalhos acadêmicos sobre Teoria, Pesquisa e Crítica do Jornalismo. A extensão do artigo deve ser entre 30 mil a 40 mil caracteres, incluídos neste cálculo os espaços. A Brazilian Journalism Research publica preferencialmente resultados de pesquisas.

Dossiê: Textos sobre um tema específico da área de Jornalismo detalhado na Chamada para Artigos de uma determinada edição. A extensão do artigo deve ser entre 30 mil a 40 mil caracteres, incluídos neste cálculo os espaços. A Brazilian Journalism Research publica preferencialmente resultados de pesquisas. Algumas edições podem não conter Dossiê e serem dedicadas apenas a Artigos.

3 Orientações gerais

A revista Brazilian Journalism Research acolhe trabalhos originais e inéditos de doutores e doutorandos. Mestres, mestrandos e graduandos devem submeter trabalhos em regime de coautoria com pesquisadores que tenham título de Doutor ou que sejam doutorandos. A edição 8/2 da BJR poderá acolher artigos de Mestres, mestrandos e graduandos, que foram submetidos à revista antes da publicação dessa Chamada.

O trabalho submetido deve ser de autoria intelectual própria. O autor deve identificar corretamente os dados e referências utilizados e dar os créditos ao autor ou fonte de informação consultados. Deve também de­clarar que todo material incluído no seu trabalho está livre de direitos de autor e que possíveis litígios judiciais de qualquer ordem ou reclamação relacionados com direitos de propriedade intelectual são de sua responsabilidade, de forma que exonera a Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), a revista e os editores da mesma de toda responsabilidade sobre os materiais apresentados.

Para submeter seu trabalho, o autor deve utilizar exclusivamente o sistema eletrônico da revista http://bjr.sbpjor.org.br

O trabalho a ser submetido à avaliação da revista pode ser feito em português ou inglês. O autor que submeter um trabalho se compromete a enviar a versão do artigo no outro idioma (português ou inglês, conforme tenha sido o idioma avaliado) 15 (quinze) dias após a comunicação do aceite pela BJR, caso o artigo seja aprovado sem alterações pelos pareceristas. Em caso de artigos aprovados, mas condicionados a alterações, o autor deverá providenciar em 15 (quinze) dias a tradução após a aprovação da nova versão pelos editores da revista.

4 Os artigos devem ser submetidos com os seguintes elementos:

Título e subtítulo: Em português, inglês e espanhol.

Resumo: Os artigos devem ser acompanhados de resumo (contendo o tema, os objetivos, metodologia e a principal conclusão) de aproximadamente 10 linhas (ou até 1 mil caracteres) em português, inglês e espanhol.

Palavras-chave: Entre três (3) e cinco (5) palavras-chave em português, inglês e espanhol.

– Cada uma das duas versões do artigo (inglês e português) deve ser redigida em fonte Times New Roman, corpo 12, espaço entre linhas de 1,5 cm, conter de 30 mil a 40 mil caracteres (incluídos neste cálculo os espaços, as referências bibliográficas e as notas), com introdução e intertítulos em itálico, que não devem ser numerados, obedecendo a uma hierarquia clara de títulos e subtítulos que facilite a leitura;

– Notas devem ser redigidas no final do texto, antes das referências bibliográficas;

– As referências e as notas devem ser citadas no texto com (AUTOR, data, e número de página);

– Tabelas, figuras, fotos e ilustrações devem ter uma boa qualidade e alta resolução, ser em preto e branco e numeradas sequencialmente por categoria e claramente identificadas (Exemplos: Figura 1, Figura 2; Tabela 1, Tabela 2 etc.);

– Uma seção de Referências Bibliográficas em ordem alfabética deve seguir o texto; use o estilo da ABNT.

As informações de identificação dos autores devem ser inseridas nos campos respectivos do sistema eletrônico quando da submissão dos textos e não devem ser incluídas no texto do artigo. No Sistema SEER, (s) autor(es) deve(m) fornecer um currículo com titulação máxima obtida, vínculo institucional, cidade, país, e-mail e outros dados relevantes.
Permissões de direitos de autor: os autores são responsáveis pela obtenção de permissões de direitos de autor para reproduzir qualquer cotação, ilustração ou fotografia publicadas anteriormente em outro local ou que tenham sido produzidas por outras pessoas que não o autor do artigo.

No caso de o texto vir a ser aprovado para publicação, o(s) autor(es) assina(m) declaração – em conformidade com o modelo estabelecido – transferindo os direitos autorais à revista e autorizando a Brazilian Journalism Research a publicá-lo por meio impresso, eletrônico, CDRom e/ou internet ou outro meio conhecido.

5 Informações adicionais: Para informações sobre a SBJor, visite o site da Associação em  www.sbpjor.org.br Para conhecer edições anteriores da BJR e a edição atual visite o website da revista Brazilian Journalism Research em http://bjr.sbpjor.org.br

O acompanhamento do processo editorial do artigo submetido pode ser realizado via Sistema SEER. Quando necessário, entre em contato com Kênia Maia, Editora Executiva (bjreditor@gmail.com).

Orientações detalhadas para os autores estão disponíveis para download neste link.

Brazilian Journalism ResearchBJR
Director: Claudia Lago
Executive Editor: Sônia Virgínia Moreira
Adjunct Editors: Luciana Mielniczuk & Fábio Henrique Pereira
Graphic Design Project: Nanche Las-Casas
Graphic Designer: Daia Carpes
Revisor: Carolina Calvo e Fabíola Barreto